31 maio

Festival de Lámen celebra 28 anos do Azumi

por Renata Monti
Lamén no caldo de vegetais com topping de acelga, moyashi e cenoura. Foto divulgação Maria Mattos

O lamén está com tudo. Desejado por foodies nos grandes centros urbanos, o prato tem origem na China, mas no Japão ganhou fama pelos caldos suculentos e de preparo artesanal. Embora hit nos últimos anos no Rio, o prato já é velho conhecido da família Ohara, à frente do tradicional Azumi, que completa 28 anos com seis versões da delícia. Até 3 de junho, o patriarca Isao e sua filha Alissa desenvolveram seu próprio caldo, ingredientes e macarrão.

Festival de Lámen conta com o completo Gomoku Lámen  (R$ 35), que combina carne de porco, massa de peixe enrolada, ovo cozido, alga, cebolinha, broto de bambu e outros complementos do dia; o Negui Lámen (foto) (R$ 28), preparado com cebolinha; o Moyashi Lámen (R$ 28), com broto de feijão; o Wakame Lámen (R$ 28), servido com algas; e o Chashu Lámen (R$ 45), saborosa versão com cozido de suíno. O festival ainda tem a opção vegetariana Tan men (R$ 35), servida a base de caldo de vegetais salteados.

Azumi

Rua Ministro Viveiros de Castro 127, Copacabana. Telefones: (21) 2541-4294 e 2295-1098.
Horário de funcionamento: Almoço, todos os dias de 12h às 15h. Segunda à domingo de 19h a meia noite. Sexta e sábado fecha 01h. Cartões de crédito e débito: Todos.

Comentários