06 fev

Masserini tem vista incrível para a Praia de Ipanema

por Renata Monti
Camarões empanados em coco fresco servidos com maionese trufada. Foto divulgação Bruno de Lima

As paisagens maravilhosas do Rio de Janeiro sempre dão um tempero a mais na hora de escolher onde comer. Dia desses, estava eu caminhando por Ipanema quando encontrei ao acaso três amigas queridas. Elas logo lançaram a pergunta: já foi ao novo Masserini? Ainda não tinha passado por lá e, por obra do destino, acabei em direção ao italiano do Hotel Sol Ipanema.

Decoração com temas náuticos no salão do Masserini. Foto Renata Monti

O espaço abrigava o antigo Gabbiano Al Mare e passou por repaginação completa. O ambiente ganhou temas navais, com decoração em azul e branco, cordas, almofadas e objetos que remetem à navegação. Foi uma boa escolha, já que o mar de Ipanema está bem ali, na vidraça escancarada para a Avenida Vieira Souto, entre os postos 8 e 9.

O salão tem 60 lugares. Foto Renata Monti

O cardápio mudou totalmente e deu à casa o status de osteria, italiano que prestigia os frutos do mar. Já nas entradas me surpreendi com algo que nunca tinha provado: ravióli frito recheado com uma seleção de queijos e ervas servidos com molho especial de tomate rústico (R$ 28, a porção). Ele fazia “croc” na boca e, ao mesmo tempo, derretia. Uma maravilha!

O ravióli frito tem cobertura crocante e recheio suave. Foto Renata Monti

A tábua de antipasti foi outra pedida certeira, com azeitonas graúdas, polenta frita, presunto, cogumelos, pasta de tomate, bacalhau desfiado e pão fresquíssimo (R$ 45). Uma dica para quem vai almoçar é pedir o menu executivo (R$ 54, inclui antipasti, principal e sobremesa, de segunda a sexta-feira, do meio-dia às 16h). Como o mar está bem à vista, os camarões empanados em coco fresco são uma boa pedida, servidos com maionese trufada (R$ 49).

Tábua de antipasti é ótima opção para começar os trabalhos. Foto Renata Monti

Depois de tanto comer, fica difícil encarar um principal, não é mesmo? Mas escolhi o polvo “alla griglia”, tentáculos de polvo grelhados com alho, servidos com arroz de pancetta (R$ 86, individual). O prato é muito farto e, realmente, não consegui chegar ao final. Embora muito saboroso, o arroz de pancetta é forte. A minha dica é deixá-lo para um dia de temperaturas amenas.

Polvo grelhado com arroz de pancetta. Foto Renata Monti

Conversando com a equipe, descobri que a família do Hotel Sol Ipanema tem origens italianas. E uma receita especial entrou no cardápio: o Gamberoni al Jorge , com camarões marinados salteados na manteiga e flambado no whisky, servidos com arroz do próprio molho (R$ 89, individual). Vou ainda voltar para prová-lo!

Sobremesa de dar água na boca: churros com três caldas. Foto Renata Monti

Na hora da sobremesa, apostamos no churros com três caldas – chocolate, doce de leite e creme inglês (R$ 22). Estava divino!  Para refrescar, ainda dei uma colherada no duo de gelato Vero – limão siciliano com lavanda e tangerina com gengibre (R$ 24). O grand finale só podia ser com a vista incrível para a Praia de Ipanema.

SERVIÇO

Masserini Osteria di Mare

Onde: Av. Vieira Souto, 320 – Sobreloja do Hotel Sol Ipanema.

Telefone: 55 (21) 2521-6464.

Horário de funcionamento: das 12h às 00h.

Preço médio: R$ 150 (entrada, principal, sobremesa, com bebida). Menu executivo R$ 54 (por pessoa,  inclui antipasti, principal e sobremesa, de segunda a sexta-feira, do meio-dia às 16h).

  • Preços válidos para fevereiro de 2018. Não nos responsabilizamos por alterações no cardápio. 

Comentários